AMIZADE

O
O
Hoje vi umas flores murchas penduradas na sacada de um prédio. Pareceu-me um suicídio em andamento. Corri pra acudir. Mas elas não pularam. Fiquei aliviada. Fiquei intrigada... pois elas ficaram ali, suspensas.... com um olhar tão seco, que o choro era pra dentro. Eu sofri por elas, sem saber o motivo. Enquanto eu gritava silêncios por socorro, vi algo cortante. Em quase todas as sacadas haviam essas plantinhas dependuradas, caladas. Só aí me dei conta. Me vi uma delas. Essas flores desidratadas, abandonadas, são nossas amizades murchando. Amizade é assim, como a muito se diz. Uma plantinha que nós somos e que cultivamos. É preciso apesar da correria do dia a dia, apreciar e cuidar com alegria.
Esse Corre-Corre é apenas um jardineiro preguiçoso que fica desaconselhando o dia inteiro:
- Substitua essas flores de canteiro, pelas de plástico, é muito mais prático!
Ah! Jardineiro insensível! Não quer ter o trabalho do zelo. Não quer adubar com palavras carinho, afagar tirando os matinhos, regar com ouvidos atentos e se necessário apoiar com a varetinha do ombro amigo na hora da ventania.
Ah correria árida preguiçosa! Deixa vai! Deixa eu cuidar da minha plantinha! E não reclame se as flores de plástico não lhe abraçam com perfumes.
E você... vai lá, vai. As plantinhas da sacada, ali penduradas podem ser sua amizades secando... secando...
O
O

3 comentários:

luma carvalho disse...

feliz natal, menina!

muita luz, paz, saúde e claro, beijos na boca (porque é bom demais, né não?)

luciana
luma
lua

Simone Gois :) CotidiAmo disse...

Beijos Luma, tudo de bom!!
juízo menina!!!

Cosmunicando disse...

que lindo... me fez pensar que preciso cuidar mais das minhas plantinhas-amizades =))
beijos menina, um lindo 2009!