RELÍQUIAS

o
O
Colhi alguns raios de sol e coloquei na caixa adornada das minhas coisas especiais. Pra quando o dia ficar nublado e trouxer aquele medo úmido, um cheiro de armário, eu te presentear com essa porção do sol que guardei, só pra ver teu rosto iluminado e aquecer teu coração com carinho. Aí vou te mostrar...na minha caixa tem também aquele sorriso largo que me entregou quando te conheci, aquele verso de improviso, o agradável tom dos teus risos... Guardei as vezes em que teu ombro foi meu abrigo, o gosto dos seus cuidados, o teu zelo. Apurei o perfume dos teus ideais, o teu cheiro. Pétalas brancas com as tuas verdades aspergi. Colhi com leveza, o encantamento e a cor daquele dia inefável, em que passamos a coexistir.
o
0

4 comentários:

Cosmunicando disse...

... o amor é doce =)

beijos!

SIMONE GOIS disse...

Oi Pad
O meu amor tem múltiplos sabores
as quatro estações
sortidos perfumes
e um refinado gosto musical
beijos

luma carvalho disse...

lindo simone... acho que amamos de maneira parecida: totalmente entregue!

beijos na alma
com sabor de "tá tudo tranquilo contigo?! passe lá em casa, viu?"

luciana
luma
lua

CotidiAmo disse...

Oi Luma,
Tá tudo tranquilo, a não ser a falta de tempo para se fazer o que realmente eu gosto.
Mas a gente aprende a conviver com isso, né.
beijos