VIAS II

O
O O
Persigo um verso, pra que ele me delate, persigo um verso como ouro de alto quilate. Persigo um verso, pra que ele me encontre. Esse verso que vive aqui dentro, brincando de esconde-esconde.

O
O

5 comentários:

Vâmvú disse...

Lindo!!!
Bjs

Cosmunicando disse...

encontrei um verso de alto quilate =)
beijos

Rayanne disse...

"Num sô poeta não seu Drummond, mas se as palavra fica arrudiando na minha cabeça, me atrevo. escrevo. (simone gois)"

Dentre outras.

Pérola.


***Estrelas, bela!***

Stella Tavares disse...

Lindos poemas os seus. Com certeza, voltarei, seguirei. Bjos.

André disse...

Olá!
estou descobrindo o teu blog e gostando muito do que leio. Realmente, tua poesia é de alto quilate. Minha admiração.

Saudações poéticas.